Voltar ao topo.Ver em Libras.
156

56
Não lembro a senha

foto hermes vigne
Blog do historiador, escritor e professor gaúcho Hermes Vigne, autor de livros como "Trindade do Sul da Serra do Lobo", "Na Vida Tudo é Poesia" e "Belas Histórias Que Papai Contava".

Publicidade



Pesquisar



Hermes Vigne

    Nascido em 9 de janeiro de 1940 em Liberato Salzano - RS, o historiador, escritor e professor Hermes Vigne é autor de vários livros, entre eles "Na Vida Tudo é Poesia", "Belas Histórias Que Papai Contava" e "Trindade do Sul da Serra do Lobo", este último dedicado a contar a história de Trindade do Sul - RS, que o historiador acompanhou desde sua fundação.

    Hermes Vigne reside e trabalha, atualmente, como professor no município de Trindade do Sul.


Política

🛈COMO É QUE PODENo momento, em nossa Pátria amada salve salve, estamos vivendo uma série de ?como é que pode?? Pois ?nunca na história desse país? aconteceram tantas e tão bombásticas. Entre elas podemos começar com dois fenômenos da natureza; as cheias no Norte e Nordeste e estiagem no Sul. Fenômenos aos quais não há como responsabilizar nomes de fulanos e/ou beltranos. O que se pode, isso sim…🛈REDE GLOBO X BOLSONAROA Rede Globo de televisão, até o final da década de 2010, foi minha preferida, atualmente continuo assistindo os programas "Jornal Nacional”, o Globo Repórter e os noticiários da RBS. Os demais programas favoritos : O Futebol e demais esportes, em outros diversos canais. Não aguento mais suas diretas contra ninguém, muito menos o Galvão e o gordão. As novidades e passatempo, na RAI , e para…🛈FORO PRIVILEGIADOA própria expressão da palavra ‘foro’ tem como sinônimo ‘privilégio’. Assim, "foro Privilegiado”, intrinsecamente é o privilégio dos privilégios. Portanto, é uma vantagem garantida pelo tempo e/ou pela lei, concedida a alguém com exclusão de outros. Até parece um pouco difícil sua interpretação. Porém, não podia ser diferente. Todos os privilégios do povo são expostos de modo difícil, para que…🛈INTERESSANTE OU ABSURDO?Cezar Maia, presidente do Senado, ao ser informado que um Juiz de MG havia dado um "canetaço", cassando o direito à moradia de seus pares do Senado - bagatela de pouco mais de 30 mil Reais - saiu aos berros, alegando inconstitucionalidade! Mas, observe-se que tal "bagatela" consta na entrada do mandato e na saída. No caso desse distinto cidadão, que sai e retorna, serão duas dessas "bagatelas"…🛈PASSEAR, PASSEIO, PASSEATAOs termos do Texto indicam: ir a algum lugar, visitar, divertir-se, passeio de um lugar a outro para exercício ou divertimento, pequeno passeio, marcha coletiva em sinal de regozijo ou de homenagem. Passear é muito gostoso. Em crianças passeávamos para visitar amigos, parentes para, com eles, brincar com carrinhos, com bola, em caçadas de bodoque e outras tantas. Na adolescência eram passeios…🛈Que BarbaridadeA política é como o mel de mirim: "doce no começo e amargo no fim”. Quem diria? – Quem diria que a campanha eleitoral municipal, em Trindade do Sul, do ano em curso, começaria tão suave, serena, pacífica e calma? PAZ E AMOR! Nem parecia época de eleições. Eu que havia prometido viajar no mês de setembro para fugir das costumeiras faltas de conduta moral e cívica nessa época, cancelei a viagem…🛈Duas DitadurasVivendo os dias conturbados que meu (nosso) Pais vem atravessando, aos quatro ventos, crises (com muitos precedentes, é verdade) que desestabilizam toda sociedade de bem que ainda há no Brasil, principalmente nas esferas públicas e nas institucionais, faz nos sentirmos apavorados, receosos e inseguros. Não é necessário sermos intelectuais para assimilar que estamos entre duas correntes…🛈Setembro - Inverno - Primavera – EleiçõesSempre tive o mês de setembro como romântico. Às vezes até questiono, comigo mesmo, sobre o porquê de tê-lo como romântico. A justificativa mais provável deve vir dos primeiros anos de escola. O Sete de Setembro com as belas e cívicas homenagens à Bandeira Nacional; os ensaios de ‘marchas’, as recitações de poemas, as entoações dos Hinos Nacional e à Bandeira, a vontade de fazer mais e melhor…🛈Srº Eduardo Cunha - Câmara dos deputados, BrasíliaAssistindo noticiosos na televisão, compadeci-me ao vê-lo triste e abatido, lamentando as mágoas que a vida lhes reserva. Como somos da mesma idade, os dois seres, ambos seres humanos, apesar da diferença social e econômica, numa tentativa de consolo, dirijo-me a Vossa Excelência (excelência por pouco tempo) na tentativa de, como cidadão do bem, alertá-lo que vossa mágoa, vosso rancor, vosso…