Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topo.Ver em Libras.
156

56
Não lembro a senha

foto hermes vigne
Blog do historiador, escritor e professor gaúcho Hermes Vigne, autor de livros como "Trindade do Sul da Serra do Lobo", "Na Vida Tudo é Poesia" e "Belas Histórias Que Papai Contava".

Publicidade



Pesquisar



Hermes Vigne

    Nascido em 9 de janeiro de 1940 em Liberato Salzano - RS, o historiador, escritor e professor Hermes Vigne é autor de vários livros, entre eles "Na Vida Tudo é Poesia", "Belas Histórias Que Papai Contava" e "Trindade do Sul da Serra do Lobo", este último dedicado a contar a história de Trindade do Sul - RS, que o historiador acompanhou desde sua fundação.

    Hermes Vigne reside e trabalha, atualmente, como professor no município de Trindade do Sul.


Um pouco dos Vigne Brasileiros

« Mais recente🔀🛈Categoria:História e tradição
ImprimirReportar erroTags:vigne, filhos, nasceram, estes, eleitos, casal, eliane e zeca180 palavras2 min. para ler
Em 1889 chegaram ao Brasil, vindos de Belluno, Itália, os primeiros Imigrantes da família VIGNE (Vinhe). O casal Arcangelo e Michelina  (Miquelina) com o filho Francesco. No Brasil, residiram na velha e grande Guaporé, onde nasceram mais 10 filhos. Entre eles, estava  o pacífico agricultor, Antônio Vigne. Casou-se com Alice Mezacasa, e desse casal, também nasceram 10 filhos, entre estes estão Hermes Vigne e Valmor Vigne, agricultores até a idade de 20 anos, atualmente, ambos professores aposentados.
Destes dois agricultores/professores, casados com Maria Angélica Barros e Ieda D’Agustini, respectivamente, nasceram, entre outros, os filhos: Eliane Vigne e José A. Vigne (Zeca). Por que, entre as quatro famílias citadas mencionar apenas alguns dos filhos? Por que estamos, ainda em ano eleitoral, e estes dois bisnetos dos migrantes concorreram a Vereadores; Eliane pelo Município de Trindade do Sul e o ZECA por Nonoai, e ambos se elegeram, aliás, corrigindo, ambos foram eleitos. Daí, a satisfação dos pais, em fazer este registros e publicá-lo, em homenagem aos eleitos, aos familiares, eleitores e amigos. Eis a genealogia, em letras e imagens.