Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topo.Ver em Libras.
156

56
Esqueci a senha

Blog do historiador, escritor e professor gaúcho Hermes Vigne, autor de livros como "Trindade do Sul da Serra do Lobo", "Na Vida Tudo é Poesia" e "Belas Histórias Que Papai Contava".

Publicidade



Pesquisar



Hermes Vigne

    Nascido em 9 de janeiro de 1940 em Liberato Salzano - RS, o historiador, escritor e professor Hermes Vigne é autor de vários livros, entre eles "Na Vida Tudo é Poesia", "Belas Histórias Que Papai Contava" e "Trindade do Sul da Serra do Lobo", este último dedicado a contar a história de Trindade do Sul - RS, que o historiador acompanhou desde sua fundação.

    Hermes Vigne reside e trabalha, atualmente, como professor, em Trindade do Sul - RS.


O QUE NOS ESPERA & O QUE NÓS ESPERAMOS

🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:ouvir, lixo, tempo, mar, saber, pelo e dias333 palavras5 min. para ler
Hufa! Conseguimos atravessar o tenebroso mar 2020! Agitado, turbulento e cheio de lixo. De início, até que estava calmo. Calmaria que durou pouco; uns 60 dias. Após esses poucos dias acordamos sobressaltados com algo que não conhecíamos. Algo estranho. Só sabíamos que existia, mas não sabíamos onde estava, nem por onde andava e nem de onde teria vindo! As notícias corriam aos 4 cantos do mundo. Andando pelas redes sociais, todos sabiam e alertavam, mas na realidade, ninguém sabia, apesar de que logo, logo, muitos foram sendo agarrados pelo tal desconhecido! Muitos agarrados, adoentados, sufocados, tolhidos e arrastados por ele. 
Foram 300 dias de convivência entre lutos, hospitais, doenças e "prisões domiciliares”. Em casa, o único local seguro. Logo mais nos deparamos com o "lixo político”, tão nefasto como o anterior; dividindo famílias, esculachando com a moral, com os verbos, com a disciplina e com a ética de convivência social. Muito lixo que, se não formos doutrinados social e politicamente, falando sem ouvir, acabaremos engolidos pelo lixo. Eis minha máxima: "Quem só sabe falar não tem tempo para ouvir, e quem não sobra tempo para ouvir, pertence à classe da idiotice, não sobra tempo para o SABER”. Esse tempo para ouvir é muito necessário: Dois olhos, duas orelhas para ver e ouvir bastante, e uma só boca . . . 
Ainda estamos abalados com os percalços do mar tenebroso, mas havemos de tirar dele algumas lições. A primeira deve ser, pelo menos, evitar lixos para não nos contagiar com o LIXO! Entre tantas outras, saber que nossos direitos acabam onde começam os direitos de nossos próximos. Saber, também que preservando nossa saúde estaremos preservando a saúde dos outros também. Acreditar e aceitar que "tudo vem e tudo passa.” Não ignorar do quanto sabemos, do quanto podemos e do que somos, mas tudo sem egoísmo. Isso é imperioso! Caso contrário não chegaremos nunca ao "Mar Pacífico” onde tanto queremos e procuramos encontrar nesse mar 2021 em que estamos. Assim estaremos e faremos, todos juntos: 
UM FELIZ ANO NOVO! 

Guardamos estatísticas de uso e utilizamos cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais em nossa política de uso.