Voltar ao topo.Ver em Libras.
156

56
Não lembro a senha

foto hermes vigne
Blog do historiador, escritor e professor gaúcho Hermes Vigne, autor de livros como "Trindade do Sul da Serra do Lobo", "Na Vida Tudo é Poesia" e "Belas Histórias Que Papai Contava".

Publicidade



Pesquisar



Hermes Vigne

    Nascido em 9 de janeiro de 1940 em Liberato Salzano - RS, o historiador, escritor e professor Hermes Vigne é autor de vários livros, entre eles "Na Vida Tudo é Poesia", "Belas Histórias Que Papai Contava" e "Trindade do Sul da Serra do Lobo", este último dedicado a contar a história de Trindade do Sul - RS, que o historiador acompanhou desde sua fundação.

    Hermes Vigne reside e trabalha, atualmente, como professor no município de Trindade do Sul.


0 SABER

« Mais recente🔀🛈Categoria:Educação
ImprimirReportar erroTags:cientistas, extrapolados, manda, aqui, sou, empresa, praticantes e nas487 palavras7 min. para ler
"Há no livro uma luz calma, que torna o mundo maior, e quem lê com os olhos d’alma, vê mais longe e vê melhor.

Um livro aberto parece, uma ave que quer voar, e quem lê sua mente cresce, por saber se comportar . . .”  ( Belmiro Braga, 1966 – Luz do Saber, Tabajara PoA).

SABER, resumidamente, eu conceituaria como "uma ciência, ou capacidade de conhecimentos”. Assim, quem sabe é sábio! Realmente, todos somos sábios. Mas, em que categoria de disciplina(s) pende(m) nossa(s) sabedoria(s)?

Nós, a grande maioria, sabemos nos comportar como cidadãos sociais, seguindo as regras ditadas comportamentais de nossos avós, nossos pais e nossos docentes. Essa é uma das regras que lapida o SABER. No entanto, muitos não obedeceram essa regra, ou preceito, preferiram seguir outros caminhos, por vontade própria, por necessidade ou por falta de oportunidades. Senão vejamos. No ramo político, como principal exemplo, não há como entender que tantos tenham seguidos, se não os pais, mas pelo menos os avós. Como entender que suas ações foram, e são, originárias dos pais, dos avós, ou dos docentes? Dificil de entender! No comando de que avós, de que pais, e de que docentes receberam tais ensinamentos! O avanço a que chegamos no século XXI foi a divisão das classes sociais em grupos partidários políticos! Ééé, em nossa cidade acontece isso com mais de 80 % dos habitantes. No século XX não era assim, pelo menos no pequeno mundo em que fui criado. Na minha Religião Católica, estamos próximos de voltar à era da Inquisição! Os Curas, que são pagos e servos da comunidade estão se apropriando dos bens a que são inquilinos. Virou um "Dai a mim o que é de Cezar”. É um "cala boca já morreu, quem manda aqui sou eu!” O esporte virou Empresa, os praticantes do esporte estão nas vitrines; objetos de compra e venda, literalmente mercadorias. E tantos outros ETCÉTERAS, todos  extrapolados. Aborreço-me quando, diante de tantas diferenças comportamentais, alguém aceita o tempo presente com a expressão: "Aqueles foram outros tempos, hoje é assim mesmo”!

Mas nem todos e nem tudo são desvios de conduta. Ainda é possível ver - não com tanta frequência – e conhecer e admirar seres humanos que foram educados pelos pais, por irmãos, ou por avós (exemplos de familiaridades), de amigos e por docentes preparados para o ofício. Tive a honra de ser convidado, o prazer em assistir maravilhosos trabalhos, numa mini - feira de Ciências, expostos por entusiastas alunos na Escola ZENIR desta cidade. Alunos que, com seus talentos de aprendizes, com desenvoltura e boa didática, nos surpreenderam com seus inventos e, de modo especial, com suas técnicas usadas na exposição de suas obras, verdadeiras "aulas expositivas participadas”. Seres dotados da LUZ DO SABER que hão de contribuir muito pata si e para os grupos e as sociedades a que estão inseridos.

PARABÉNS minha nossa Escola Zenir, corpo docente, corpo discente, e muito sucesso geniosos CIENTISTAS!

Fonte: